A Felicidade está ao seu lado (Michel Serres; Michel Polacco; Gustavo de Azambuja Feix; Ivan Pinheiro Machado; . L&PM) [SEL016000]

    R$ 24,90 R$ 24,90 24.900000000000002 USD

    R$ 24,90

    Option not available

    This combination does not exist.

    Adicionar ao carrinho


    30-day money-back guarantee
    Free Shipping in U.S.
    Buy now, get in 2 days

    A felicidade não é uma utopia Do nascimento em 1930 até os 25 anos, Michel Serres viu e algumas vezes até vivenciou a experiência da guerra, dos refugiados da Guerra Civil Espanhola à Guerra da Argélia, passando pela Segunda Guerra Mundial e pela bomba de Hiroshima. Por isso ele afirma ter uma alma da paz. É com essa atitude diante da vida que um dos mais renomados filósofos franceses aborda assuntos da atualidade todos os domingos na rádio France Info. O jornalista Michel Polacco conduz esse diálogo como uma conversa entre amigos. É dessa conversa que surgiram as crônicas publicadas neste volume, que têm a felicidade como norte. Num texto claro, bem-humorado e inspirador, Serres discorre sobre a esperança e a fé, fala sobre a importância de rir, dos prazeres à mesa, sobre cada um dos nossos sentidos e lembra que estamos rodeados pela felicidade: “Ao contemplar o riso das crianças, o beijo dos namorados, o sorriso dos idosos, o momento em que um tímido deixa o acanhamento de lado e fala, e até mesmo ao ouvir as pessoas criativas, que têm coisas novas para contar”. Serres faz poesia a partir do cotidiano, sugerindo que devemos inserir a felicidade no nosso dia a dia, trocando uma vida sobrecarregada por uma existência mais leve e plena. 1) Reúne mais de vinte crônicas tendo como inspiração a felicidade. Diferentemente de outros livros do mesmo gênero, tem como autor um dos maiores filósofos da atualidade. 2) As crônicas se originaram de um programa francês de rádio conduzido pelo jornalista Michel Polacco aos domingos. A cada programa Michel Serres comenta sobre um assunto novo. 3) As temáticas são as mais diversas: a arte, o ato de doar, a utopia, os sentidos, a geografia. Por mais improvável que seja o assunto, é incrível como Serres consegue ao mesmo tempo ser simples e poético, aproximando o leitor do texto. 4) O formato do livro é um atrativo a mais: além de ser construído em forma de diálogo, reproduzindo o formato do rádio, tem as melhores frases destacadas e em uma fonte diferente, o que é conhecido no jargão jornalístico como “olho”. Outra característica é que as crônicas podem ser lidas na ordem que se desejar. 5) Em tempos de crise econômica e política, o livro traz uma mensagem positiva. E a escolha do título com a palavra “felicidade” se baseia no estudo de outros livros do catálogo com nome semelhante, característica que provou ter um forte potencial de vendas. No início de outubro lançamos Felicidade é o que conta, que já vendeu mais de 1.200 exemplares. 6) Michel Serres já lecionou no Brasil, nos anos 70. Nos anos 90, deu entrevista para o programa Roda Viva, que está disponível com legendas aqui: https://www.youtube.com/watch?v=Ga0J--SGA9U. Há diversas outras entrevistas com o autor na internet, como esta, com legendas em inglês: https://www.youtube.com/watch?v=bROzxAP5SjQ&t=334s. 7) Serres é uma celebridade muitíssimo respeitada na França. Seus livros Petite Poucette (Polegarzinha) e Le Gaucher boîteux venderam mais de 300 mil exemplares entre os leitores franceses.

    • ISBN : 9788525436726
    • Formato 210.0 x 140.0
    • Peso 0.175
    • Páginas 120
    • Disponível em 2017-12-18
    • Book status

    Michel Serres

    Michel Serres nasceu em Agen, no sul da França, em 1930. Filósofo, com formação em matemática e física, serviu na Marinha entre 1956 e 1958. Juntamente com Michel Foucault, lecionou em Clermont-Ferrand. Professor da Sorbonne e da Universidade de Stanford, é membro da Academia Francesa. Nos anos 70, foi professor visitante na Escola de Comunicação e Artes (ECA) da USP. Autor de mais sessenta livros, entre os quais Tempo de crise, Polegarzinha e O contrato natural, escreveu inúmeros ensaios filosóficos e de história das ciências e títulos que abordam temáticas variadas como literatura, estética, antropologia, aproximação entre as ciências, relações do homem com a natureza e desafios da educação.

    Michel Polacco

    Michel Polacco nasceu em Paris, em 1948. É jornalista, tendo se voltado a partir da década de 70 para o trabalho no rádio. É também piloto de avião e tem livros publicados nas duas áreas. Dirigiu a France Info de 2002 a 2007 e é diretor de conteúdo da Radio France.